De acordo com Eng. Edson Martinho, da Abracopel – associação parceira do Programa Casa Segura, os famosos pisca-piscas podem encarecer a conta de energia elétrica na época do Natal.

O Natal é aquela época de alegria, de festividades, de decorar a casa com vários enfeites e luzes. Porém os pisca-piscas mesmo aqueles bem pequenos, podem representar um aumento no valor da sua conta de energia.

Cada mini lâmpada tem uma potência de 5 watts, isso significa que um cordão com 100 luzes consome, em média, 500 watts e, quando ligado por dez horas por dia durante um mês inteiro resulta em aproximadamente R$ 50,00 a mais em sua conta.

Para que você não seja surpreendido no final do mês, é recomendável o uso de lâmpadas de LED que, apesar de serem mais caras, consomem menos energia e duram muito mais tempo.

Outra recomendação que além de economizar pode evitar acidentes é desligar os pisca-piscas sempre que for dormir ou sair de casa. É sempre válido lembrar que a decoração de Natal exige uma série de cuidados, afinal não é porque as usamos uma única vez no ano que devemos nos esquecer dela.

É muito importante, no momento da compra, verificar se há o selo do Inmetro nos pisca-piscas, além disso, evite ligar mais de um pisca-pisca em uma tomada e nunca se esqueça que o uso de benjamins não é recomendado pois pode haver uma sobrecarga na rede elétrica provocando assim um incêndio.

Após a instalação dos pisca-piscas na árvore de Natal verifique se não há nenhum objeto ou enfeite inflamável ou metálico próximo deles evitando assim acidentes mais graves.

Nunca se esqueça: Você é o único responsável pela sua segurança.

Conheça: www.encontreseueletricista.com.br, uma iniciativa que conta com o apoio do Programa Casa Segura.