Atualmente o consumo de energia elétrica vem aumentando de maneira acelerada no Brasil. Tal fato ocorre devido não só à modernização dos equipamentos, mas também ao aumento do poder aquisitivo dos consumidores, que começaram a adquirir mais eletrodomésticos, aumentando assim o consumo de energia e tornando a vida mais confortável.

Mas, para que este aumento no consumo de energia elétrica possa ser atendido é necessário que sejam feitos mais investimentos em infraestrutura, como a construção de barragens e hidrelétricas, porém isso acaba gerando um impacto negativo na natureza.

Mas como é possível inverter essa situação e ainda por cima economizar na conta de energia elétrica?

Algumas dicas, e bom senso, são muito importantes e relevantes para efetuar essa economia na conta de energia elétrica. Dentre elas, podemos listar:

  • Evite acender lâmpadas durante o dia, aproveite a iluminação natural e não deixe luzes acesas em ambientes vazios;
  • Efetue a troca das lâmpadas de sua casa por LED, essas são mais econômicas que as normais;
  • Nos dias de calor, mantenha o chuveiro na posição verão, podendo economizar assim até 30% de energia;
  • Realize a limpeza de saída de agua do chuveiro, pois a sujeira fica acumulada devido as impurezas da água, dificultando assim a saída de água;
  • Desligue os eletrônicos da tomada quando não estiverem sendo utilizados, pois mesmo em stand by o equipamento consome energia;
  • Não deixe o celular carregando durante a noite. Retire o aparelho da tomada assim que o mesmo estiver carregado;
  • Não deixe a porta da geladeira ou freezer aberta sem necessidade, pois eles elevam muito o consumo de energia;
  • Não forre as prateleiras da geladeira  pois isso obstrui a circulação de ar entre as repartições;

Estas são apenas algumas dicas que podem tornar sua conta de energia mais barata no final do mês e contribuir para a preservação do meio ambiente.

Nunca se esqueça: Você é o único responsável pela sua segurança.

Conheça: www.encontreseueletricista.com.br, uma iniciativa que conta com o apoio do Programa Casa Segura.