Antes de realizar o sonho da casa própria, ou até mesmo alugar um novo imóvel, vale a pena planejar os gastos e pesquisar sobre a estrutura da construção, para não ter despesas inesperadas e, principalmente, colocar a família em risco. Dentre os itens a serem verificados, um deles é checar as condições da instalação elétrica, observando se foi bem projetada a fim de evitar curto-circuito.

Visualmente você já consegue detectar se há algumas falhas na instalação elétrica do imóvel. E caso resolva fechar o negócio, então a recomendação é chamar um profissional de sua confiança que finalmente fará um check-list completo das condições das instalações elétricas. Somente assim você evitará dores de cabeça no futuro, e ainda poderá prever em seu orçamento os custos de uma adequação das instalações do imóvel.

cópia de shutterstock_378530494

Conheça alguns itens que você poderá sentir visualmente se a instalação está ou não em boas condições:

 

Quadro de distribuição (quadro de luz)

  • Cabos elétricos: não deverão ter sinal de aquecimento, pois se assim estiverem é sinal de sobrecarga e risco de incêndio

Disjuntores:

  • veja se há um disjuntor geral e outros disjuntores divididos por cômodos. Caso haja um número razoável de disjuntores, é sinal de que a instalação elétrica foi bem projetada.
  • Desligue os disjuntores do quadro e verifique se o medidor está registrando consumo (girando ou com o LED vermelho piscando). Essa situação significa que existe fuga de energia e nesse caso somente um profissional qualificado é capaz de solucionar o problema.

 

IMPORTANTE: O disjuntor geral tem como função proteger a alimentação geral da instalação contra sobrecarga ou curto-circuito. No caso de um disjuntor desligar várias vezes, é sinal de que esse circuito apresenta alguma anormalidade: circuito com sobrecarga, curto-circuito em algum aparelho ou defeito no próprio disjuntor.

 

Tomadas

  • Observe a quantidade de tomadas existentes pelo imóvel. Caso seja insuficiente, será necessária a criação de novos pontos, para evitar o uso de ‘Ts’, afim de não sobrecarregar a instalação.

Essas são algumas dicas simples, mas de suma relevância para você garantir que está realizando um negócio seguro para toda a sua família.