Quantas vezes ouvimos falar que instalações em 110V são mais baratas e consomem menos energia do que aquelas em 220V? Será mito ou verdade?

Para ajudar a desvendar esse mistério, vamos pensar na instalação de um chuveiro elétrico em sua casa. Ao adquirir o equipamento, verifique na embalagem qual a potência desse equipamento. Isso é muito importante para você saber se sua instalação elétrica está preparada para receber essa carga elétrica.

Vamos assumir que o chuveiro elétrico que será instalado tem uma potência de 6.000 Watts, de acordo com as informações descritas na embalagem do produto. Agora que você já conhece a potência elétrica do seu chuveiro, precisamos descobrir qual a corrente elétrica que passará por esse chuveiro, caso a tomada seja 110V ou 220V.

O cálculo é muito simples. Vamos determinar dois itens importantes: a bitola dos fios e o consumo de energia elétrica do chuveiro elétrico para cada uma das tensões. Lembre que Corrente = potência / tensão, onde neste caso temos:

Como calcular a corrente elétrica-

 

Agora que já sabemos a corrente elétrica e a bitola dos fios, vamos descobrir o consumo de energia desses equipamentos. Vamos pensar que esse chuveiro de 6.000 Watts é utilizado um total de 1 hora por dia durante 30 dias do mês. Para descobrir o consumo de energia, devemos multiplicar a potência do chuveiro x horas por dia x dias por mês, ou seja:

Copy of Como calcular a corrente elétrica-

Mistério revelado!

Descobrimos que o consumo de energia para ambos tipos de tomadas é o mesmo: a economia de energia não varia se utilizarmos a tomada 110V ou 220V. A diferença está nos custos dos materiais utilizados para instalação das tomadas.

Uma vez que a tomada de 110V exige uma bitola de fio maior, neste caso 10 mm2, o mesmo custará mais caro que o fio com bitola de 4 mm2, necessário para a instalação do chuveiro no caso de tomada 220V.

Portanto, a instalação do chuveiro em tomada 220V sairá mais barata, mas isso não irá interferir no consumo de energia!